Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
img 2712

Gilberto Gil: um ícone da música brasileira

Gilberto Gil: um ícone da música brasileira

Gilberto Gil é um dos artistas mais importantes e influentes da música brasileira. Com uma carreira de mais de 60 anos, ele é cantor, compositor, multi-instrumentista, produtor musical, político e escritor. Sua obra abrange diversos gêneros e estilos, como MPB, tropicália, rock, reggae, funk, disco e música africana. Ele é autor de clássicos como “Procissão”, “Domingo no Parque”, “Aquele Abraço”, “Refazenda”, “Andar com Fé” e “Palco”.

 A trajetória de Gilberto Gil

Gilberto Gil nasceu em Salvador, Bahia, no dia 26 de junho de 1942¹. Filho de um médico e uma professora, ele começou a se interessar por música desde cedo. Aos 9 anos, aprendeu a tocar acordeão e violão na Academia Regina¹. Em 1960, ingressou na Universidade Federal da Bahia para cursar administração de empresas². Nessa época, conheceu Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gal Costa e Tom Zé², com quem formou um grupo musical que se apresentava no Teatro Vila Velha².

Em 1965, mudou-se para São Paulo para trabalhar na Gessy-Lever². Lá, ele participou de programas de TV e festivais de música popular brasileira (MPB), onde se destacou com canções como “Ensaio Geral” e “Domingo no Parque”². Em 1967, junto com Caetano Veloso e outros artistas, ele lançou o movimento tropicalista², que misturava elementos da cultura nacional e estrangeira em uma linguagem moderna e contestadora.

Em 1968, Gilberto Gil foi preso pelo regime militar junto com Caetano Veloso². Eles foram acusados de subversão e exilados na Inglaterra². Lá, ele entrou em contato com a música africana e o reggae². Em 1972, ele voltou ao Brasil e retomou sua carreira musical. Ele lançou discos aclamados pela crítica e pelo público, como “Expresso 2222”, “Refavela”, “Realce” e “Refazenda”².

A atuação de Gilberto Gil

Além da música, Gilberto Gil também se envolveu em outras atividades. Ele foi ministro da Cultura do Brasil entre 2003 e 2008¹, durante os dois primeiros mandatos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva¹. Ele foi o primeiro artista negro a ocupar esse cargo¹. Como ministro, ele promoveu a diversidade cultural, a inclusão digital, a economia criativa e a defesa dos direitos autorais¹.

Gilberto Gil também foi nomeado “Artista pela Paz” pela Unesco em 1999¹ e embaixador da ONU para agricultura e alimentação em 2000¹. Ele recebeu diversos prêmios e honrarias ao longo de sua carreira, como o Grammy Awards, o Grammy Latino, a Ordem Nacional do Mérito da França e a Ordem do Infante D. Henrique de Portugal¹². Em 2021, ele foi eleito para a cadeira de número 20 da Academia Brasileira de Letras (ABL)³, tornando-se o primeiro músico a integrar essa instituição.

A importância de Gilberto Gil

Gilberto Gil é um artista que marcou a história da música brasileira com sua criatividade, originalidade e engajamento. Ele é um dos principais representantes da MPB e da tropicália, movimentos que renovaram a linguagem musical e cultural do país. Ele também é um dos pioneiros na fusão da música brasileira com a música africana e o reggae, criando uma sonoridade única e universal.

Gilberto Gil é um ícone da música brasileira que continua produzindo e se reinventando. Ele é um exemplo de talento, versatilidade e compromisso social. Sua obra é uma fonte de inspiração e admiração para as novas gerações de artistas e fãs. Ele é, sem dúvida, um dos maiores nomes da cultura nacional e mundial.

Algumas das músicas mais famosas de Gilberto Gil são:

Vamos Fugir (Give Me Your Love), lançada em 1984 e regravada por vários artistas, como Skank e Ivete Sangalo¹.
Aquele Abraço,  que foi composta em 1969 como uma despedida do Brasil antes do exílio na Inglaterra². A música se tornou um hino da resistência à ditadura militar².
A Novidade, que faz parte do álbum de 1985 da banda Paralamas do Sucesso, em parceria com Gilberto Gil². A música fala sobre a chegada de uma sereia na praia e a reação das pessoas².
Palco, que foi inspirada no estilo musical Ijexá e lançada em 1981 no álbum Luar (A Gente Precisa Ver o Luar)². A música é uma homenagem ao ofício de cantar e se apresentar².
Não Chore Mais,  que é uma versão em português da canção No Woman, No Cry, de Bob Marley². Gilberto Gil gravou a música em 1979 e fez sucesso nas rádios brasileiras².

Essas são apenas algumas das músicas mais famosas de Gilberto Gil. Ele tem muitas outras canções que marcaram a história da música brasileira e que valem a pena ser ouvidas.

Gilberto Gil tem muitas parcerias musicais famosas com outros artistas. Algumas delas são:

Caetano Veloso,  seu amigo e companheiro de tropicália. Juntos, eles compuseram músicas como **Haiti**, **Divino Maravilhoso** e **Tropicália**¹.

Chico Buarque, outro expoente da MPB. Eles fizeram a música **Cálice**, que foi censurada pela ditadura militar por sua letra crítica².

Capinan, poeta e letrista baiano. Eles criaram músicas como **Viramundo**, **Soy Loco Por Ti América** e **Miserere Nobis**².

Ivete Sangalo, cantora de axé e pop. Eles gravaram juntos a música **Flora**, que é uma homenagem à esposa de Gil³.

Anitta, cantora de funk e pop. Eles fizeram uma versão da música **Palco** para o projeto CheckMate da Anitta⁴.

Essas são apenas algumas das parcerias musicais de Gilberto Gil. Ele também já colaborou com outros artistas nacionais e internacionais, como Elis Regina, Jorge Ben Jor, Milton Nascimento, Stevie Wonder, Bob Marley e Sting.

¹: Eis 80 músicas de Gilberto Gil que expõem a grandeza da obra … – G1

²: Olhar Brasileiro #4: Parcerias de Gilberto Gil renderam clássicos da … – Jornal da USP

³: Gilberto Gil e Ivete Sangalo, Anitta e Jão… Relembre as parcerias … – Estrelando

⁴: Gilberto Gil: conheça a carreira e trajetória de uma lenda da MPB – Versos e Prosas

¹: Gilberto Gil – Wikipédia, a enciclopédia livre

²: Biografia de Gilberto Gil – eBiografia

³: Gilberto Gil toma posse como ‘imortal’ da Academia Brasileira de … – G1

Origem: conversa com o Bing, 26/06/2023
(1) Gilberto Gil – Wikipédia, a enciclopédia livre. https://pt.wikipedia.org/wiki/Gilberto_Gil.
(2) Biografia de Gilberto Gil – eBiografia. https://www.ebiografia.com/gilberto_gil/.
(3) Gilberto Gil toma posse como ‘imortal’ da Academia Brasileira de … – G1. https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2022/04/08/gilberto-gil-toma-posse-como-imortal-da-academia-brasileira-de-letras.ghtml.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Postes Recentes

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

Redes Sociais: