“Memorial Luiz Carlos Prestes é patrimônio de Porto Alegre (RS)”, afirmam ex-prefeitos

“Memorial Luiz Carlos Prestes é patrimônio de Porto Alegre (RS)”, afirmam ex-prefeitos
Por Brasil de Fato

Centenas de pessoas circularam pelo Memorial Luiz Carlos Prestes durante o último sábado (13) quando foi comemorado os 4 anos de existência da única obra do arquiteto Oscar Niemeyer na capital gaúcha. Café da manhã, Feira Bella Ciao e live com Anita Prestes marcou a festividade.

A programação organizada pela Associação do Memorial iniciou pela manhã com um café da manhã que reuniu ex-prefeitos, ex-vereadores e atuais, e lideranças partidárias, sindicais e de movimentos populares para um ato em defesa do Memorial e contra a proposta de uma vereadora em alterar o nome e objetivos do local. O prefeito Sebastião Melo também havia confirmado presença, mas avisou no dia anterior que não poderia comparecer.

:: Memorial Luiz Carlos Prestes comemora 4 anos de existência com ampla programação ::

Após a fala do presidente da Associação, Geraldo Barbosa, saudando os presentes e destacando a importância de o Memorial homenagear uma das principais figuras da história brasileira, os ex-prefeitos se manifestaram.

Ex-prefeito e ex-governador Olívio Dutra / Foto: Jorge Lansarin

“O Memorial é um patrimônio histórico-cultural do município. Este espaço foi uma conquista da comunidade. É uma grande obra de arte de Oscar Niemeyer”, enfatizou Olívio Dutra. Também destacou a união dos ex-prefeitos de “diferentes posições e tendências ideológicas” para reforçar “este momento de preservação deste espaço”. Para ele, a história não pode ser mudada segundo a vontade do governante do dia, a ideologia vigente ou a classe dominante que se acha dona do Estado, e de cima para baixo definir como ele deve ser.

:: Abaixo-assinado em defesa do Memorial Luiz Carlos Prestes atinge quase 5 mil assinaturas ::


Ex-prefeito e ex-governador Tarso Genro / Foto: Jorge Lansarin

“A figura de Luiz Carlos Prestes é histórica para a formação do Brasil numa ideia de Nação, Nação democrática, progressista que adquire respeito internacional”, observou Tarso Genro. “Esta é uma homenagem necessária e de resgate desta grande figura, que tem sido atacada sistematicamente”, acrescentou. Segundo Tarso, o marco que representa o Memorial é o marco da ideia de democracia e da unidade progressista contra o fascismo. “Salve, portanto, esse memorial, e salve essa figura gigantesca que é Prestes na ideia de um país soberano.”

:: Guerra ideológica mira Memorial Luiz Carlos Prestes em Porto Alegre ::


Ex-prefeito Raul Pont / Foto: Jorge Lansarin

Raul Pont considerou um equívoco total e uma agressão primária, através de um projeto de lei, tentar descaracterizar o memorial. “Se fala muito do Prestes no Partido Comunista, mas se esquece da sua luta nos anos 1920 no movimento Tenentista, na luta por eleições limpas e pela modernização do Brasil. Vamos retirar o caráter histórico desses acontecimentos, o papel da Revolução de 30? Querem passar um borrão na história brasileira? Acham que por um ato meramente administrativo vão mudar a história e papel das personalidades?”, indagou.


Ex-prefeito José Fogaça / Foto: Jorge Lansarin

O ex-prefeito José Fogaça relembrou todo o movimento feito em sua gestão para garantir a construção do Memorial Prestes. Contou com emoção quando visitou o arquiteto Oscar Niemeyer, em seu escritório no Rio de Janeiro. “O Memorial de Luiz Carlos Prestes tem uma história muito bonita. Começou na Câmara de Vereadores com a aprovação de um projeto que visava ter um espaço público em homenagem a essa grande figura histórica e respeitável que, do ponto vista humano, é uma verdadeira enciclopédia. Obviamente merece um memorial desta envergadura e qualidade arquitetônica. É isto que temos que reverenciar, homenagear e comemorar a cada ano. Este Memorial pertence ao povo brasileiro, o povo gaúcho e a Porto Alegre”, destacou Fogaça.


Ex-prefeito José Fortunati / Foto: Jorge Lansarin

José Fortunati também se uniu às homenagens. “Esse Memorial é um marco histórico para a cidade de Porto Alegre. Em primeiro lugar por homenagear alguém que marcou não só a história do RS, mas a história do Brasil, lutando naquele momento por valores muito profundos como a democracia brasileira.” Para Fortunati, a união entre o resgate de uma memória e uma obra fantástica do grande arquiteto Niemeyer dá para Porto Alegre as condições muito fortes de realmente lutar por uma cultura maior, uma relação maior com a arte, mas acima de tudo pela democracia.


Ex-vereador Vieira da Cunha / Foto: Jorge Lansarin

O ex-vereador Vieira da Cunha finalizou o ato por ter sido o autor do projeto na Câmara de Vereadores. Mas antes de iniciar sua fala, convidou o ex-vereador Raul Carrion e os atuais vereadores Pedro Ruas, que na década de 1980 deu o título de Cidadão Emérito de Porto Alegre para Luiz Carlos Prestes, Bruna Rodrigues, Daiana dos Santos e Leonel Radde para ficar ao seu lado.  

“Quando Prestes faleceu em 1990 eu era vereador de Porto Alegre. Imediatamente tomei a iniciativa, inspirado por um grupo de companheiros, de propor um espaço privilegiado de Porto Alegre para homenageá-lo. Este local ainda não estava ocupado, então propomos um projeto de lei para gravar este terreno para que aqui pudesse se erguer um monumento ao Cavaleiro da Esperança. Poucos sabem, mas Prestes era porto-alegrense. E a capital do RS não poderia deixar de homenagear a altura um dos seus grandes filhos. Aquele que havia escrito para sempre o seu nome na história do Brasil”, relembrou.


Ex-prefeitos, ex-vereadores e atuais declaram seu apoio ao Memorial Luiz Carlos Prestes / Foto: Jorge Lansarin

Vieira contou que apenas uma bancada de extrema-direita votou contra o projeto, e por ampla maioria o povo de Porto Alegre resolveu homenagear Prestes. “Imediatamente procurei no seu escritório no RJ o arquiteto Oscar Niemeyer para que fosse dele a obra. Ele não só aceitou a missão como a abraçou com enorme entusiasmo. Em pouco tempo nós tínhamos esse grande projeto que hoje é um dos cartões postais da cidade, viabilizado a partir da parceria com a Fundação Gaúcha de Futebol.”

O ex-vereador afirmou que o Memorial é um verdadeiro presente que Porto Alegre ganhou com a assinatura única de Oscar Niemeyer. “Desse modo, que esses que tentam descaracterizar o Memorial, não passarão, pela simples razão de que essa obra é resultado de decisões democráticas e do desejo soberano da população de Porto Alegre. Vida longa ao Memorial”, salientou.

Feira Bella Ciao, a primeira antifascista


Centenas de pessoas visitaram a Feira que reuniu mais de 60 expositores e artistas / Foto: Katia Marko

Durante a tarde, centenas de pessoas passaram pela Feira Bella Ciao, montada no estacionamento do Memorial. Segundo a artesão e idealizadora da Feira, Sara Soares, a ideia nasceu de unir artistas de Porto Alegre em uma feira com valores antifascistas.

“Somos mais de 60 expositores e artistas envolvidos. A Feira Bella Ciao trouxe marcas autorais de roupas, acessórios, artesanato, arte, literatura, alimentação, Djs e vários shows. Escolhemos fazer a primeira edição neste lugar especial, que representa os valores da democracia, da igualdade e da resistência: o Memorial Luiz Carlos Prestes, em frente ao Anfiteatro Pôr do Sol, na orla do Guaíba”, afirma Sara.

Também foram recolhidos alimentos não perecíveis para a Cozinha Solidária do MTST e a Marcha contra a Fome foi encerrada na feira. No final da tarde, foi dado um abraço simbólico no Memorial.

Live com a historiadora Anita Prestes


A historiadora e filha de Prestes, Anita Leocádia Prestes falou sobre a história e importância de seu pai e do memorial / Foto: Katia Marko

Paralelamente à feira, ocorreram visitas à exposição de fotos do Memorial. Muitas pessoas foram pela primeira vez conhecer o espaço, como afirmou a ativista da Marcha Mundial de Mulheres Cláudia Prates. Às 16h30, uma Mesa Redonda virtual trouxe “A História de Prestes: Patriota, Revolucionário, Comunista”, com a Professora Anita Leocádia Prestes, tendo como debatedor o professor Henrique Castro. Confira aqui.


Marcha contra a Fome foi encerrada no Memorial em apoio ao espaço / Foto: Katia Marko


:: Clique aqui para receber notícias do Brasil de Fato RS no seu Whatsapp ::

SEJA UM AMIGO DO BRASIL DE FATO RS

Você já percebeu que o Brasil de Fato RS disponibiliza todas as notícias gratuitamente? Não cobramos nenhum tipo de assinatura de nossos leitores, pois compreendemos que a democratização dos meios de comunicação é fundamental para uma sociedade mais justa.

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

Deixe uma resposta