Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Invenção dos calçados pode ser bem mais antiga do que se pensava

Invenção dos calçados pode ser bem mais antiga do que se pensava

Um estudo liderado pelo paleontólogo Charles Helm, da Nelson Mandela University, encontrou evidências de que seres humanos podem ter fabricado e utilizado calçados muitos antes do que se imaginava. O artigo está disponível no site tandfonline, teve a colaboração de outros oito acadêmicos.

Novas descobertas sobre pegadas e calçados

Os pesquisadores fizeram novas analises em uma série de pegadas encontradas em rochas na costa da África do Sul, e novas medições de carbono 14 em rochas próximas. As evidências parecem apontar para o fato de as pegadas terem sido feitas por humanos com algum item similar a calçado rudimentar com a solo dura.

O estudo prega cautela nas conclusões, mas pegadas similares foram encontradas em três pontos diferentes e são consistentes com achados em outros sítios arqueológicos. O calçado que pode ter dado origem as pegadas pode ter sido um precursor das sandálias usadas por diferentes povos nativos do sul da África.

Se descobertas forem confirmadas, pode haver mudanças no entendimento sobre deslocamentos na idade da pedra. (Fonte: GettyImages/Reprodução)

As pegadas em questão não mostram sinais dos dedos, mas uma marca arredonda na parte traseira e com as bordas quebradiças e sinais onde as tiras de couro prenderiam o calçado. Outras pesquisas reproduziram o calçado e confirmaram que as marcas achadas são consistentes com as que o calçado produziu na areia.

As novas análises de datação sugerem que as marcas podem ter sido feitas entre 79 mil e 148 mil anos atrás. As datas são consistentes com outras marcas similares datadas entre 73 mil e 136 mil anos atrás. Os calçados podem ter tido solas de couro, outros tipos de pele de animais e casca de árvores.

Até então, os estudos que proclamavam ter encontrado os calçados mais antigos apontavam cavernas na Grécia, com esqueletos de neandertais e marcas de calçados datas de 130 mil anos atrás. Outro caso de possível calçado em neandertais foi encontrado na França.

Quais são os calçados mais antigos?

Definir quais são os calçados mais antigos é um grande desafio. Qualquer tipo de material orgânico já teria se decomposto depois de durar 5 mil anos. E casos de tamanho duração são extremamente raros e dependem de muitas variáveis, como no caso de Ötzi, o homem de gelo que foi encontrado mumificado nos alpes de Venoste.

Calçado de couro mais antigo já encontrado ainda preservado. (Fonte: WikimediaCommons/Reprodução)Calçado de couro mais antigo já encontrado ainda preservado. (Fonte: WikimediaCommons/Reprodução)

O homem de gelo tinha resquícios de sandálias datadas de 3 mil a 3,5 mil anos. Outros casos com datações similares, entre 5 mil e 5,5 mil anos, foram encontradas em Israel e na Armênia. Os novos casos que apontam para calçadas no meio da Idade de Pedra podem revolucionar o entendimento da vida pelos arqueólogos e paleontólogos.

Os indícios podem fazer muito sentido, já que em um mundo de constante migração de povos caçadores e coletores qualquer ferida mais grave nos pés poderia ser uma sentença de morte.

As informações apresentadas neste post foram reproduzidas do Site Mega Curioso e são de total responsabilidade do autor.
Ver post do Autor

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Postes Recentes

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

Redes Sociais: