Dubai-Davos, o consciente-inconsciente coletivo do “andar de cima”

Dubai-Davos, o consciente-inconsciente coletivo do “andar de cima”

Por Brasil 247

“Davos e Dubai se reafirmam como importantes e contemporâneos marcos do “andar de cima das altas finanças” que explicitam a hegemonia do capital financeiro dentro da lógica da gestão de ativos e da extração de valor da renda do trabalho”, aponta o jornalista Roberto Moraes




Deixe uma resposta