Comissão Pastoral da Terra denuncia prisão arbitrária de 20 indígenas Akroá-Gamella no Maranhão

Comissão Pastoral da Terra denuncia prisão arbitrária de 20 indígenas Akroá-Gamella no Maranhão
Por Brasil 247

Segundo a CPT, a PM do Maranhão prendeu vinte indígenas do povo Akroá-Gamella na manhã desta quinta-feira (18), no território Taquaritiua, em Viana. Também foram apreendidos celulares e equipamentos fotográficos de indígenas que registravam a abordagem




Deixe seu comentário