Brasil registra, pela primeira vez, mais de 1 milhão de casos de covid-19 em uma semana

Brasil registra, pela primeira vez, mais de 1 milhão de casos de covid-19 em uma semana
Por Brasil de Fato

Pela primeira vez desde o início da pandemia, o Brasil atingiu mais de 1 milhão de pessoas contaminadas pela covid-19 no período de uma semana. Foram 1.305.447 registros, 39% a mais em relação à semana anterior, que acumulou 933.452 casos entre 16 e 22 de janeiro.

Segundo os dados das últimas 24h divulgados neste sábado (29) pelo Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass), o total de casos registrados no país chega agora a 25.214.622 desde o início da pandemia. Neste sábado, foram 179.816 novas infecções registradas.

Óbitos e recorde de infecções

O aumento de casos reflete os efeitos da expansão da variante Ômicron pelo país, que também incide sobre o número de óbitos.

Leia mais: Gama, delta e ômicron: entenda as diferenças entre as variantes de covid-19

De acordo com o Conass, neste sábado (29) foram registradas oficialmente 640 mortes atribuídas à covid-19. Até o momento, 626.524 brasileiros perderam a vida pela doença

Já a média móvel de casos, que analisa os últimos sete dias, atingiu sua marca recorde pelo 12º dia consecutivo, com 186.492 infecções.

Vacinação

Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil tem uma taxa de 69,61% da população totalmente imunizada. Todavia, profissionais de saúde e cientistas ainda precisam reforçar a necessidade de vacinação das crianças — dificultada pelas ações do Governo Federal.

Fabricada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a vacina da AstraZeneca com todos os insumos produzidos no Brasil, entrou em fase final de desenvolvimento.

Segundo anúncio feito pela Fiocruz, os primeiros lotes do imunizante têm previsão de serem entregues em fevereiro para o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19.

Deixe uma resposta