5 joias e pedras preciosas que desapareceram

5 joias e pedras preciosas que desapareceram

Seja em filmes ou séries, sempre vemos histórias envolvendo uma procura por pedras preciosas perdidas ao longo do tempo, uma vez que o lindo diamante que inicia a trama de Titanic, por exemplo. Só que há casos ainda mais enigmáticos na vida real de diversas joias que foram roubadas, sumiram misteriosamente ou que até carregam qualquer tipo de maldição. Para matar a sua curiosidade, nós separamos algumas das mais interessantes histórias de pedras preciosas que desaparecem logo a seguir!

1. Diamante azul

Também conhecida uma vez que “Diamante Hope”, esta pedra preciosa foi invenção na Índia e é considerada o primeiro diamante azul a ser encontrado pela humanidade. Ele foi adquirido pelo rei Luís XIV em 1668, mas foi roubado durante a revolução francesa em 1791, quando estava em posse do rei Luís XVI. Esta foi a última vez que a joia foi vista em seu formato original, já que se acredita que ela tenha sido lapidada para não levantar suspeitas. 

No instituto Smithsonian, nos Estados Unidos, é verosímil encontrar a pedra preciosa que muitos acreditam ser o Diamante Hope, já que diversos testes foram realizados para fundamentar que esta é a joia original. Infelizmente, ela se encontra em um tamanho duas vezes menor do que possuía antigamente. Vale mencionar que aliás tudo, oriente diamante azul também carrega a notabilidade de ser precito, já que quase todos os seus donos sofreram qualquer infortúnio em suas vidas.

2. Grande Mogul

Uma réplica do diamante que sumiu há centenas de anos

Chamado de Grande Mogul, esse é tido uma vez que o maior diamante encontrado na Índia, já que tinha 787 quilates quando foi minerado em 1650. Ele passou por algumas mãos da família do Poderio Mogol, chegou a ser reduzido para 500 quilates e, eventualmente, foi roubado por volta de 1739 por Nader Xá, um soberano pérsico. Infelizmente, a pedra preciosa sumiu depois que Nader Xá foi assassinado em 1747.

Oficialmente, o diamante ainda é considerado uma vez que sumido, mas muitos estudiosos acreditam que ele possa ter se tornado no “Diamante Orlov”, que pertence à Rússia desde 1774, quando o conde Gregório Orlov o comprou em Amsterdã e o deu para a imperatriz Catarina II. Atualmente, essa pedra está em exibição no Palácio do Arsenal do Kremlin e não há uma vez que realmente estabelecer se ela se trata do Grande Mogul.

3. Diamante Marlborough

Até hoje não se sabe o que aconteceu com esse diamanteAté hoje não se sabe o que aconteceu com esse diamante

Dissemelhante de algumas pedras preciosas desta lista, a joia conhecida uma vez que Diamante Marborough não tem uma trama histórica por trás de seu desaparecimento. Esse diamante de 45 quilates pertencia a uma joalheria em Londres, onde era exibida com orgulho na vitrine. Foi lá que a pedra chamou a atenção de dois mafiosos, que decidiram roubá-la em setembro de 1980. A dupla foi muito sucedida no assalto e conseguiu fugir para os Estados Unidos, mas foi paragem pela polícia no aeroporto de Chicago.

Os dois passaram muitos anos na prisão, mas o diamante não foi encontrado e os criminosos nunca disseram o que fizeram com ele. Há teorias de que a pedra tenha sido entregue, vendida ou escondida antes da fuga para os Estados Unidos, o que torna muito improvável que ela seja recuperada atualmente.

4. Diamante Florentino

Outro diamante perdido pelo mundo é o divulgado Diamante Florentino, uma pedra indiana de cor amarelada e que tinha zero menos do que 137 quilates. Curiosamente, não se sabe muito sobre a origem desta joia, mas ela passou por diversos donos diferentes por dezenas de anos até parar nas mãos poderio austríaco, onde permaneceu até o final da Primeira Guerra Mundial, quando o imperador Carlos I a levou embora em seu exílio. 

Logo depois esse período, o diamante foi roubado por alguém próximo da família imperial e nunca mais foi encontrado. Há histórias que dizem que o Diamante Florentino foi levado para a América do Sul com outras joias roubadas e depois transportado para os Estados Unidos, onde teria sido lapidado para esconder sua identidade. Infelizmente, ninguém sabe onde a pedra está até hoje.

5. Diamante Eagle

Com tantos diamantes perdidos em nossa lista, faz sentido fechar a nossa lista com mais um deles. O Diamante Eagle ganhou esse nome simplesmente por ter sido desvelado na cidade norte-americana de Eagle, em 1876. A pedra foi encontrada totalmente por eventualidade por alguns trabalhadores que estavam construindo um novo poço na cidade. A joia foi enviada para Chicago para estudo, onde se descobriu que aquele era o maior diamante encontrado nos Estados Unidos até logo.

Eventualmente, a pedra foi vendida para a loja Tiffany’s em Novidade York e depois foi levada para o Museu Americano de História Procedente, onde permaneceu por muitos anos. Infelizmente, em 1964, um notório ladrão divulgado uma vez que “Murph, the Surf” roubou o Diamante Eagle e ele nunca mais foi encontrado.

As informações apresentadas neste post foram reproduzidas do Site Mega Curioso e são de totalidade responsabilidade do responsável.
Ver post do Autor

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Postes Recentes

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

Redes Sociais: